top of page

Impactos na microbiota intestinal causados pelo consumo excessivo do álcool

A ingestão excessiva de álcool é constantemente associada ao surgimento de uma série de doenças, tais como cirrose hepática, alguns tipos de cânceres e complicações cardiovasculares. Além disso, o seu consumo prolongado pode resultar em distúrbios, como a dependência química, fazendo com o indivíduo perda o autocontrole. Recentemente, estudos vêm alertando acerca dos malefícios causados na microbiota intestinal. Uma vez que o consumo demasiado da bebida pode resultar em inflamações, desequilíbrios e danos no fígado. Inicialmente, a ingestão constante de álcool é tida como o 5° principal fator de risco em morte prematura. Além disso, os falecimentos decorrentes do álcool são mais comuns em pessoas mais jovens, com idade entre 20 e 39 anos. Um estudo analisou os efeitos do álcool na microbiota e descobriu que este pode estar associado às alterações na composição da microbiota GIT e na função metabólica, assim, pode contribuir para a ligação estabelecida entre o estresse oxidativo induzido pelo álcool, resultando em desenvolvimento de doença hepática alcoólica (ALD), além de outras enfermidades. Entretanto, alguns dados clínicos indicam que distúrbios na microbiota decorrentes de bebidas alcoólicas podem estar ligados ao aumento da inflamação do TGI, hiperpermeabilidade intestinal, ocasionando endotoxemia, inflamação sistêmica e danos teciduais. Em resumo, o fígado é um dos órgãos que mais são afetados pelo excesso de álcool, podendo sofrer disbiose. Isso ocorre por causa da exposição que este sofre com os produtos bacterianos, acarretando em doença hepática alcoólica. Mesmo com diversas campanhas sobre a conscientização do uso moderado de bebidas alcoólicas, ainda é notório como o seu consumo descontrolado é aderido por muitas pessoas. Além das complicações físicas e psicológicas, ele pode resultar em atos inesperados, como acidentes de trânsito e situações de violências. A melhor precaução é aquela que é feita com discernimento. Caso precise de ajuda e auxílio, consulte um especialista. Fontes: https://www.instagram.com/p/CkdW-x1PXSd/?igshid=YmMyMTA2M2Y%3D https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26695747/ https://hospitalsantamonica.com.br/conheca-8-dos-principais-efeitos-do-alcool-no-organismo/ https://www.paho.org/pt/topicos/alcool#:~:text=O%20consumo%20de%20%C3%A1lcool%20causa,mortes%20s%C3%A3o%20atribu%C3%ADveis%20ao%20%C3%A1lcool.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logo.png
bottom of page