Melatonina e a saúde dos atletas: regulação do sono e prevenção contra lesões

A melatonina é produzida pelo nosso corpo - na glândula pineal do cérebro - e é essencial para a regulação do sono. Esse hormônio coopera para o bom funcionamento do organismo e também atua como um antioxidante, protegendo a região muscular contra danos e inflamações. A sua produção ocorre, principalmente, ao final do dia, em que há uma redução dos estímulos luminosos e o metabolismo funciona lentamente. Ela é a principal responsável por sincronizar o relógio biológico central como também os relógios periféricos.


Algumas pesquisas observaram que a melatonina gera um efeito ergogênico, proporcionando benefícios ao corpo de forma geral. Além disso, através de experimentos feitos com certos animais, descobriu-se que, durante a atividade física, a substância pode ter um aumento de 150%.


Em uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), recomendada pela biofarmacêutica Takeda, apontou-se que cerca de 65% dos brasileiros têm problemas relacionados a dificuldade para dormir e somente 7% dos entrevistados que enfrentam esse problema possuem um diagnóstico da doença. A melatonina, apesar de produzida naturalmente pelo corpo, pode ser encontrada em certos alimentos, como também pode ser consumida sinteticamente - sempre com o acompanhamento de um profissional da saúde.


A melatonina, quando produzida na região do intestino, chega a ser 300x mais do que a da glândula pineal. Com isso, problemas como hipoperfusão intestinal, muito frequente em atletas que praticam atividades aeróbicas por longos períodos, podem ser evitados. A suplementação da melatonina deve ser feita em casos em que o consumo de seus precursores estão abaixo do estimado. As doses e demais recomendações devem ser indicadas por um profissional. Consulte um especialista para ajudá-lo nessa etapa.


Fontes:

https://www.lance.com.br/saude-fitness/a-importancia-da-melatonina-na-saude-do-atleta.html

https://www.unicamp.br/unicamp/ju/676/estudos-comprovam-efeito-ergogenico-da-melatonina#:~:text=%E2%80%9CSe%20al%C3%A9m%20de%20aumentar%20ahttps://www.tuasaude.com/melatonina/


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças crônicas são aquelas que duram por mais de 1 ano. A psoríase, por exemplo, compõe esse grupo. Caracterizada pelo aparecimento de lesões avermel

Logo.png