O colágeno e o intestino

Você deve ter ouvido falar nos benefícios do colágeno para a firmeza e a elasticidade da pele. O que poucas pessoas sabem é que a proteína, tão importante para a estrutura do corpo, também atua para manter a saúde intestinal em dia!!


Além de amenizar linhas de expressão e fortalecer unhas, cabelos e articulações, o colágeno passou a ser indicado para cuidar da saúde intestinal, porque a proteína colabora para o bom funcionamento da barreira mucosa, que controla a permeabilidade do intestino.


Qual a relação entre o colágeno e a saúde intestinal?


A estrutura do intestino é revestida por uma barreira protetora que atua fisicamente como um mecanismo de defesa do corpo e impede que bactérias e toxinas permeiem e sigam para a corrente sanguínea. Esse caminho pode ocasionar alergias, sensibilidades e problemas de saúde crônicos.


Além disso, a barreira intestinal conta com junções intracelulares na sua formação, essenciais para a comunicação e adesão entre as células. Na prática, elas selam a passagem de macromoléculas através do espaço entre duas células das paredes do intestino, induzindo os nutrientes a passarem por dentro das células. Dessa forma, o corpo tem um melhor controle do que será absorvido.


Algumas situações favorecem para que aconteça o rompimento das junções intracelulares, e, consequentemente, o desalinhamento e afastamento das células presentes na barreira protetora. Assim, o intestino fica “poroso” e a condição digestiva pode ficar comprometida, além de aumentar a exposição do organismo a problemas de saúde relacionados a outras funções.


Entre os fatores que prejudicam a barreira intestinal, estão:

·alimentos com elevado teor inflamatório, como: açúcares, glúten, lactose, carboidratos refinados e álcool;

· mau funcionamento de outros órgãos;

· estresse;

· uso de medicamentos/antibióticos a longo prazo;

· substâncias químicas, como agrotóxicos;

· bactérias maléficas;

· má digestão;

· má absorção dos nutrientes.


Atuação do colágeno no intestino


Sabendo da importância das junções intercelulares na digestão e proteção do organismo, fica mais fácil compreender o importante papel do colágeno nesse processo. De forma bem resumida, o colágeno atua na recuperação do tecido conjuntivo intestinal e ajuda a evitar o desgaste gradual das junções entre as células e a desordem estrutural.


Como você já deve imaginar, o colágeno não é indicado apenas para quem tem problemas no intestino, mas também para quem deseja prevenir doenças e cuidar da sua saúde de forma integral!


E a saúde intestinal, como já abordei em outros posts, impacta positivamente em outros sistemas e funções:


· Imunidade: o intestino faz parte do sistema de defesa, abriga células do sistema imune, é o habitat da microbiota e campo de produção de importantes vitaminas para a imunidade, como a vitamina K e B12.


· Segundo cérebro: o intestino é considerado o segundo cérebro por ter uma quantidade expressiva de neurônios em seu sistema. Há uma rede de nervos que reveste o intestino e que envia mensagens para o cérebro e controla a liberação de hormônios relacionados à sensação de bem-estar, de fome e de saciedade. Como exemplo, 90% da serotonina, importante hormônio da felicidade, é produzida nos neurônios intestinais.


· Processos de digestão, absorção e nutrição: o intestino conta com as enzimas digestivas, serve como porta de entrada para os nutrientes e é responsável pela absorção deles.


· Microbiota: é no intestino que as bactérias, fungos e microorganismos se alocam e resultam na microbiota, essencial para o funcionamento adequado do organismo.


Nesse contexto, há doenças associadas à saúde do intestino que são melhor administradas com a ingestão de colágeno e outros nutrientes, como: inchaço e gases; fadiga; cólicas; dores de cabeça;

sensibilidade alimentar; síndrome do intestino irritável; síndrome do intestino permeável; alergias; imunidade baixa; inflamação do corpo; obesidade e depressão.



Fonte:

https://www.essentialnutrition.com.br/conteudos/colageno-ajuda-no-intestino/?dito=1&drfc=62302c504fee8579133ab85615ddb20e29066344efd9e&utm_campaign=382763&utm_content=Dito_382763_7746755&utm_medium=email&utm_source=dito

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Como escolher o colágeno para melhorar o intestino?

Já falei um pouquinho aqui no blog sobre a importância do colágeno na saúde do intestino. Agora, vale explicar como incluir a proteína no dia a dia e beneficiar as condições digestivas. O colágeno est

Qual a intensidade ideal de exercícios?

Muita gente pensa que, para se beneficiar, é necessário passar horas na academia, o que acaba gerando uma percepção de “tudo ou nada”. E o pior, acaba indo pro velho “melhor não fazer nada”. Acho impo

Logo.png