O consumo de abacate e seu efeito na cintura

Os abacates contêm nutrientes que podem ajudar a reduzir o risco de ficar com sobrepeso e obesidade. A fibra dietética pode reduzir o risco de ganho de peso devido a vários mecanismos, incluindo bloqueio da inflamação, inibição da absorção de gordura e redução de cortisol.

A fibra dietética adiciona volume à dieta e pode ajudá-lo a se sentir mais satisfeito mais rapidamente, o que permite a pessoa parar de comer por um tempo. Ao contrário de outras frutas, o abacate é pobre em açúcar e também contém uma variedade de vitaminas, minerais e fitoquímicos, como luteína, antioxidantes fenólicos e fitoesteróis associados a benefícios à saúde. Redistribuição da gordura corporal

A gordura visceral, também conhecida como gordura da barriga, é armazenada no abdômen, muitas vezes envolvendo órgãos como fígado, estômago e artérias. Os homens tendem a acumular mais gordura visceral do que as mulheres na pré-menopausa, explicando por que eles apresentam maior risco de doenças cardíacas. O padrão alimentar que inclui abacate todos os dias tem impacto sobre como os indivíduos armazenam gordura corporal de maneira benéfica para a saúde, mas os benefícios ocorrem principalmente nas mulheres. Dicas de combinações

O abacate é um carboidrato com cerca de 80% de água e fibra alimentar. Para diminuir o índice glicêmico de carboidratos, o ideal é sempre combiná-los à ingestão de proteínas ou gorduras "boas". Ou seja, proteínas como ovos e peixes, e gorduras boas como azeites e castanhas. Alguns tipos de combinação:

  • Toast de abacate com ovo mexido;

  • Atum com molho de abacate;

  • Saint peter com abacate;

  • Wrap de abacate com frango;

  • Sanduíche integral de salmão e abacate;

  • Creme de abacate com leite de amêndoas e lascas de castanhas do Pará.


Funções intestinais da fruta

  • Redução do cortisol

A glutationa contribui com o fígado na eliminação das toxinas, favorece o emagrecimento e possibilita maior controle nos níveis de cortisol, o hormônio do estresse que, em excesso no organismo, dificulta a perda de peso.


  • Bloqueio de inflamação

O beta-sitosterol age como um anti-inflamatório nos índices metabólicos referentes à glicemia, aos colesteróis e aos triglicérides, fazendo com que as células do organismo exerçam melhor suas funções. Isso não só facilita a dieta como diminui o aparecimento de rugas precoces e celulite.

  • Inibição de apetite

A gordura da fruta aumenta a sensação de saciedade e adia a fome. Quando você acrescenta o abacate na refeição, aumenta a absorção do licopeno, antioxidante presente principalmente no tomate. Quanto mais suprir seu organismo dessas substâncias, mais fácil aparece o resultado na sua dieta e na sua cintura. Conclusão

A sua preocupação não deve ser apenas com a quantidade do que você come, mas, principalmente, com a qualidade das gorduras ingeridas, de forma a garantir o equilíbrio das gorduras. Lembre-se que a forte ação do abacate ajuda na redução da gordura centralizada, modula a parede intestinal e diminui o desencadeamento de diabetes e ganho de peso, mas não esqueça que, para isso você, necessita de uma estratégia alimentar que tenha doses moderadas e boas combinações!










·

·

·


-


-


-





·

·

·

·

·

·


-


-


-



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Os vários problemas causados pelos refrigerantes

As bebidas açucaradas são a forma mais fácil e comum de consumir quantidades excessivas de açúcar e isso pode levar à resistência à insulina, pois elas fornecem muitas calorias e praticamente nenhum o

Carrinho de supermercado saudável

Para deixar a sua dieta e a dieta da sua família saudáveis, fique de olho na compra e no consumo de alimentos que supostamente fazem bem, mas que na verdade são ricos em açúcares e gorduras. Os alimen

Relação entre vitamina D e resistência à insulina

Atualmente, existem muitos estudos que buscam compreender se há uma correlação de níveis inferiores de vitamina D com a resistência à insulina e qual o impacto desta vitamina em pacientes com diabetes

Logo.png