Refrigerantes e bebidas açucaradas: será que você realmente sabe tudo o que consome?

Um estudo publicado online pelo periódico JAMA envolveu cerca de 452 mil pessoas de ambos os sexos por 16 anos avaliando o consumo de refrigerantes e o aumento de risco de morte. Como resultado, obteve-se que o excesso do consumo de bebidas açucaradas está diretamente relacionado ao aumento de risco a diabetes e obesidade.


O principal ponto constatado no estudo foi que o consumo de 2 ou mais copos de refrigerante por dia, em comparação com menos de 1 copo por mês, aumenta o risco de morte por todas as causas.

Com uma ingestão diária superior a 225ml de produtos açucarados, os riscos são maiores. Já para os adoçados artificialmente, o consumo acima de 125ml por dia já é preocupante.


O estudo também mostrou uma associação entre os refrigerantes adoçados artificialmente e doenças circulatórias e digestivas. Mas é importante ressaltar que, como é um estudo observacional, outros cofatores de risco podem estar presentes. Pessoas que consomem esses produtos em excesso tendem a não seguir uma boa dieta em geral, se alimentando com diversas refeições industrializadas. Tendo isso em vista, não se deve excluir todos os cofatores associados com esse estilo de vida.


De qualquer forma, os resultados deste estudo são importantes para nos lembrar que a união de uma alimentação de má qualidade repleta de alimentos industrializados e o consumo de refrigerantes estão associados ao aparecimento de várias doenças. Além disso, esse estudo dá suporte às campanhas de saúde pública que visam limitar o consumo de refrigerantes e bebidas açucaradas.


Uma boa dica para evitar o consumo excessivo de sucos e refrigerantes é sempre tomar água quando sentir sede. Vale lembrar também a necessidade de atenção aos rótulos dos alimentos e bebidas, ficando de olho nos nomes ocultos do açúcar:


- Maltodextrina

- Maltose

- Sacarose

- Xarope de glicose

- Xarope de milho

- Amido modificado

- Açúcar invertido

- Concentrado de frutas/nectar

- Frutose

- Galactose

- Glicose, Glucose

- Lactose

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Como escolher o colágeno para melhorar o intestino?

Já falei um pouquinho aqui no blog sobre a importância do colágeno na saúde do intestino. Agora, vale explicar como incluir a proteína no dia a dia e beneficiar as condições digestivas. O colágeno est

O colágeno e o intestino

Você deve ter ouvido falar nos benefícios do colágeno para a firmeza e a elasticidade da pele. O que poucas pessoas sabem é que a proteína, tão importante para a estrutura do corpo, também atua para m

Logo.png