Saiba porquê os agrotóxicos são prejudiciais à saúde e ao meio ambiente

De longe, o setor agrícola é um dos mais importantes para a economia mundial. No Brasil, a atividade compõe cerca de 5% do PIB brasileiro, sendo a responsável por quase R$100 bilhões em volume de exportações com a pecuária, segundo dados da Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura e Abastecimento (SRI/Mapa). Ao longo dos anos, a agricultura passou por diversas transformações e, com a chegada dos equipamentos para auxílio na produção, os processos de plantação e cultivo foram modernizados.


Com isso, o uso dos agrotóxicos foi cada vez mais aderido ao setor agrícola por colaborar com a preservação das plantações. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), essas substâncias são associadas ao surgimento de complicações na saúde humana, bem como desgastes no meio ambiente. Em resumo, existem tipos de agrotóxicos para combater insetos, fungos, ervas daninhas, folhas indesejadas e algumas espécies de bactérias. Apesar de serem eficazes na produtividade agrícola, eles são totalmente prejudiciais à saúde.


O Brasil está entre os países que mais consomem agrotóxicos - nos últimos 40 anos, o país obteve um aumento de 700% -, ocupando o 6° lugar no ranking mundial. Infelizmente, os perigos que estes provocam são, muitas das vezes, ocultados, dificultando ainda mais a compreensão sobre os seus riscos. Compostos por diversos agentes cancerígenos, os agrotóxicos são responsáveis pelo surgimento de diversos tipos de câncer, além de outras complicações como infertilidade, doenças cardíacas e alteração no sistema nervoso, ocasionando casos severos de depressão.


Apesar de ser difícil consumirmos alimentos totalmente livres de agrotóxicos, é extremamente importante higienizá-los da forma correta e evitar consumi-los com frequência. Por outro lado, existem os alimentos orgânicos que são uma boa opção para fugir desses compostos químicos, mas, sem dúvidas, a melhor solução é optarmos por alternativas mais sustentáveis e conscientes como agroflorestas, modelos ambientais que visam à regeneração do planeta, principalmente do solo, como também à melhora da saúde humana, a nível físico e psicológico.


Fontes:

https://www.wribrasil.org.br/noticias/sistemas-agroflorestais-safs-o-que-sao-e-como-aliam-restauracao-e-producao-de-alimentos#:~:text=Um%20sistema%20agroflorestal%20%C3%A9%20uma,com%20culturas%20agr%C3%ADcolas%20ou%20forrageiras.

https://www.lemanjue.com/blog/2019/6/30/saiba-quais-sao-as-doenas-causadas-pelos-agrotxicos

https://brasilescola.uol.com.br/geografia/agrotoxicos.htm

https://www.ecycle.com.br/agrotoxicos/



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças crônicas são aquelas que duram por mais de 1 ano. A psoríase, por exemplo, compõe esse grupo. Caracterizada pelo aparecimento de lesões avermel

Logo.png