Suplementação para ganho de massa muscular

Antes de falar sobre a suplementação, é válido ressaltar que para ganhar massa magra o mais importante é ter uma alimentação e treinos de qualidade. Além disso, o sono também é um fator fundamental, já que ele nos ajuda a produzir hormônios de crescimento muscular. Ou seja, se o indivíduo dorme tarde ou de madrugada, de nada adianta suplementar a alimentação, já que o suplemento é um coadjuvantes desses pilares.


Para o público que se interessa pelos exercícios físicos e musculação, os suplementos para ganho muscular são ótimas adições à alimentação, pois melhoram tanto o rendimento quanto o desempenho durante a prática dos treinamentos, além de ajudar na recuperação dos músculos depois das atividades.


É importante lembrar que os suplementos não substituem as refeições alimentares. Ainda, seu consumo em excesso pode causar insuficiência renal - por isso, é preciso consultar um profissional nutrólogo ou nutricionista - antes de introduzir os suplementos à rotina alimentar.


Suplementos proteicos:


1. Whey Protein: é um suplemento proteico mais comumente produzido a partir do soro de leite animal (vaca, cabra ou ovelha), mas conta também com opções veganas. Ele auxilia no aumento de força, no rendimento do atleta durante a prática das atividades físicas, no ganho de massa muscular e na recuperação dos músculos.

Tipos:

  • Concentrado:

- Concentração de Proteína: até 89%

- Calorias: grande quantidade

- Carboidratos: grande quantidade

- Gordura: grande quantidade

  • Isolado:

- Concentração de Proteína: mínimo de 90%

- Calorias: média quantidade

- Carboidratos: média quantidade

- Gordura: média quantidade

  • Hidrolisado:

- Concentração de Proteína: mínimo de 90%

- Calorias: pequena quantidade

- Carboidratos: pequena quantidade

- Gordura: pequena quantidade


2. Peptídeo de colágeno: por ser um conjunto de diversos pedaços minúsculos de proteína (aminoácidos), conseguem ser facilmente absorvidos pelo organismo. Dessa forma, o peptídeo de colágeno consegue compensar a necessidade extra do corpo por essa proteína.

3. Proteínas vegetais: são os suplementos mais recomendados às pessoas vegetarianas ou que possuam alguma restrição alimentar. As mais conhecidas e utilizadas são as proteínas de ervilha, soja, arroz ou semente de abóbora. A qualidade delas é muito parecida com a das proteínas de origem animal, ou seja, são ótimas opções para o ganho de massa muscular e para melhorar da resistência física.


4. Creatina: possui concentração maior de aminoácidos do que os alimentos animais, como carnes vermelhas, peixes e frutos do mar. Logo, este suplemento também auxilia no desempenho do atleta durante os treinos e no ganho de músculos. Além disso, a creatina ajuda na recuperação dos músculos após a atividade física e na prevenção de cãibras e lesões.





5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A vitamina B12, também chamada de "Cobalamina", possui funções essenciais ao nosso organismo, como produzir as hemácias, células responsáveis pelo transporte de oxigênio no corpo. Estes glóbulos verme

A creatina é um composto formado pelos aminoácidos glicina, arginina e metionina, que são sintetizados pelo nosso organismo nos rins, pâncreas e fígado. Mas também pode ser encontrada em alimentos com

Os exercícios de endurance - esportes de longa duração e de baixa intensidade, como o ciclismo, triathlon, corrida e natação - requerem uma suplementação específica já que, na prática, o corpo sofre d

Logo.png